Imobiliária do meta verso vira unicórnio vendendo terreno virtual

Será que a maior imobiliária do mundo já tem nome, só não tem endereço. Risos. Isso por que a startup por trás dos NFTs do Bored Ape Yacht Club levantou US$ 320 milhões em criptomoeda com a venda de 55.000 terrenos virtuais em seu metaverso. O fluxo de compra de imóveis virtuais no último fim de semana foi tão grande que travou a rede Ethereum e fez subir as taxas do sistema blockchain.

A oportunidade

A venda de terrenos deu a possibilidade de entrar no metaverso da Otherside por cerca de US$ 5.800 mais as taxas de transação. Segundo a Bloomberg, o total de receita só com essa primeira leva foi de US$ 320 milhões, fazendo a Otherside uma das maiores do mundo imobiliária do mundo.

A startup por trás disso tudo é a Yuga Labs. A empresa que foi fundada no ano passado levantou no seu primeiro financiamento externo em março deste ano, uma rodada de US$ 450 milhões chegando a uma avaliação de US$ 4 bilhões. O aumento, foi liderado pelo fundo de criptomoedas de Andreessen Horowitz, torna a empresa uma das mais rápidas a alcançar o status de unicórnio.

Por trás do Hype

A startup é conhecida por sua série de NFTs Bored Ape, algumas das quais pertencem a celebridades como Paris Hilton e Madonna. Juntamente com o financiamento de março, a Yuga Labs lançou seu próprio metaverso – ou mundo virtual – chamado Otherside e sua própria criptomoeda, chamada ApeCoin.

Zoom Out: As vendas de terrenos virtuais são um fenômeno novo, mas crescendo rapidamente. As vendas de imóveis nas quatro principais plataformas do metaverso atingiram US$ 501 milhões em 2021 e devem chegar a quase US$ 1 bilhão este ano, de acordo com a empresa de investimento e análise MetaMetric Solutions.

Você também pode gostar de...