Entenda porque Mark Zuckerberg está sendo processado nos EUA

Tio Zuck está levando um processinho. Risos. O fundador do Facebook está sendo processado diretamente pelo escândalo envolvendo a consultoria Cambridge Analytica. O caso que veio a tona em 2018, envolveu o uso de dados de 87 milhões de usuários para ajudar na campanha de Donald Trump em 2016.

Na ação apresentada ontem (segunda-feira, 23), a procuradoria de Washington D.C., alega que Zuckerberg participou deu permissão pessoalmente para a Cambridge Analytica acessar dados pessoais de milhões de usuários.

O processo afirma que o caso Cambridge Analytica foi resultado da posição de Zuckerberg de liberar dados de usuários da rede social para terceiros. A consultoria conseguiu as informações por um teste de personalidade, que acessava detalhes não só os perfis de quem respondia às perguntas, mas também os de seus amigos.

A procuradoria de Washington D.C. tentou transformar Zuckerberg em réu em 2021, mas um juiz recusou o pedido por entender que o promotor havia demorado muito tempo para acusar o executivo.

O promotor, Racine, disse que a nova ação é baseada em centenas de milhares de páginas de documentos que, até então, sua equipe não tinha acesso. Segundo ele, as evidências incluem depoimentos de funcionários do Facebook e de delatores.

Você também pode gostar de...