Crise de smartphones? Samsung vai limitar a produção de 30 milhões de aparelhos

Samsung em maus lençóis! A fabricante de smartfones sul-coreana estipula um corte de 30 milhões de aparelhos, incluindo o principal modelo, o Galaxy S22.

O motivo é mesmo que levou ao aumento do preço dos alimentos e da gasolina: a interminável guerra na Ucrânia.

Com os desdobramentos do conflito, a Samsung cortou a venda de seus produtos na Rússia e deixará de receber um bom caixa até porque, não é todo dia que se perde um mercado de 144 milhões de habitantes.

Além disso, com a inflação mundial, parte dos consumidores resolveu adiar a troca de modelo do smartphone.

Em tempos de crise, o time que “espera o celular estragar pra trocar” fica bem maior do que os “amantes de lançamento”.

A maçã também foi afetada… 🍎

A crise também chegou pra Apple. Trabalhando com poucas vendas, a empresa reduziu a produção de seus dispositivos, como já aconteceu no ano passado.

Apesar dos bons resultados no lançamento do iPhone 13, a maçã não vê um futuro positivo nas vendas. Com o conflito inimigo do fim, a tendência é que mais fabricantes de eletrônicos diminuam a produção neste ano.

Você também pode gostar de...