Musk terá ajuda para comprar o Twitter: Quem são seus apoiadores?

Musk-terá-ajuda-para-comprar-o-Twitter

Elon Musk vai dividir as responsabilidades financeiras na compra do Twitter com outros coleguinhas. 

De acordo com documento da SEC (Comissão de Segurança e Câmbio dos EUA), publicado nesta quinta-feira (5) Musk irá arcar com US$ 37 bilhões em compromisso de capital — porém a empresa tem valor total de US$7,1 bilhões (R$ 34,7 bilhões).

Entre os investidores que entraram no barco da divisão dos US$ 44 bilhões do Twitter estão: a empresa de criptomoedas chinesa Binance, a gestora Fidelity, o fundo Sequoia, o CEO da Oracle, Larry Ellison e o príncipe saudita Alwaleed.

Tem até príncipe entrando na divisão de trocos do Musk, que inicialmente se opôs à proposta de US$ 54,20 (R$ 265,5) por ação. 

Assim, ele transferirá seus 35 milhões de ações do Twitter para a aquisição de Musk, o que vale cerca de US$ 1,7 bilhão

E esse não é o maior investidor que vai ajudar Musk a comprar o Twitter. Ellison, da Oracle — empresa de tecnologia — fará o maior aporte entre os novos investidores: US$ 1 bilhão (R$ 4,9 bilhões). 

Porém, os planos de Musk com a plataforma permanecem no escuro, apesar dele ter dito que pretende aumentar a liberdade de expressão, não se sabe como vai funcionar esse posicionamento na prática.  

Até porque mesmo o Twitter tendo um potencial de ‘praça pública’ ele sobre problemas com bots e abuso de censura. 

O que Musk precisou fazer para que a compra do Twitter desse certo? 

Até mesmo o homem mais rico do mundo também precisa mexer seus pauzinhos: 

  • Musk pretende financiar uma parte das suas ações da Tesla, cerca de US$ 6,25 bilhões;
  • Venda de cerca de US$ 8 bilhões em ações da Tesla para levantar a quantia a ser paga em dinheiro;
  • Mais de uma dúzia de investidores novos para contribuir com a proposta de 44 bilhões na compra do Twitter.

Agora é esperar pra ver o que Musk pretende fazer com a nossa tão amada rede social do passarinho Larry Bird.

Você também pode gostar de...