China realiza mais exercícios militares perto de Taiwan durante visita de parlamentares dos EUA

A China disse ter feito mais exercícios perto de Taiwan na última segunda-feira (15), depois de um grupo de parlamentares dos Estados Unidos visitar a ilha e se reunir com a presidente taiwanesa, Tsai Ing-wen.

No domingo (14), cinco parlamentares dos Estados Unidos, liderados pelo senador Ed Markey, chegaram a Taipé em uma visita não anunciada na noite de domingo, o segundo grupo de alto nível a visitar a cidade depois da presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, no início de agosto, o que desencadeou vários dias de jogos de guerra chineses.

A unidade militar chinesa responsável pela área adjacente a Taiwan, o Comando de Teatro Oriental do Exército de Libertação Popular da China, disse que organizou patrulhas conjuntas de prontidão de combate e exercícios de combate no mar e no espaço aéreo em torno de Taiwan nesta segunda-feira.

Os exercícios são “um forte impedimento para os Estados Unidos e Taiwan continuarem a fazer truques políticos e minarem a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan”, acrescentou.

O Ministério da Defesa da China disse em um comunicado separado que a viagem dos parlamentares infringiu a soberania e a integridade territorial da China e “expõe totalmente a verdadeira face dos Estados Unidos como um sabotador da paz e estabilidade no Estreito de Taiwan”.

Autor: higor torrez

Você também pode gostar de...