Exportações de cereais da Ucrânia aceleram com mais 8 cargueiros

A Ucrânia voltou a pisar no acelerador quando o assunto é exportação de grãs. Cerca de oito navios de cereais saíram dos portos só na última semana.

  • De acordo com a embaixada ucraniana, o Líbano recusou-se a aceitar as 26 mil toneladas de milho devido ao atraso de cinco meses na entrega. A Ucrânia está agora à procura de outro interessado na carga.

O primeiro a chegar foi o Polarnet, um cargueiro que transportava 12 mil toneladas de milho, hoje em Derince, na Turquia.

Os três navios receberam uma rota pré-determinada do centro de coordenação conjunta, com latitudes, longitudes e posições. Com 17 pontos de passagem até à chegada a Istambul, de curto, médio e longo alcance.

As exportações foram retomadas após um acordo entre Rússia e Ucrânia na intenção reduzir o risco de uma crise alimentar global causada pela limitação das exportações de cereais, desde a invasão russa da Ucrânia.

Você também pode gostar de...