Revolução na cozinha: Simple&Co tem captação de 5 milhões

Já imaginou uma foodtech que cria marcas virtuais de alimentação vendidas através do iFood? Não, isso não é uma realidade futurística! A Simples&Co é uma startup de São Paulo que aproveita a ociosidade dos restaurantes para ser a maior do ramo na América Latina.

Os empreendedores dessa solução André Piva e Alan Pedroso acumularam experiências no mercado financeiro, consultoria e operação de empresas.  

O click, que deu início ao que a Simple&Co é hoje, veio em perceber que grande parte dos empreendedores de pequenos estabelecimentos de food service têm dificuldade em rentabilizar seu espaço físico.

  • E foi uma baita sacada mesmo. No Brasil existem mais de 800 mil restaurantes e um aquecimento do mercado de delivery. 

E na prática, como funciona esse negócio?

É muito simples. Funciona assim: a Simple&Co cria marcas nativas digitais – chamadas de DNVB– no ramo da alimentação. 

Por exemplo, PF Simples, Salada Simples e Burger Simples e vai em buscas de pequenos restaurantes para operá-las em regiões em que pretendem estar, oferecendo uma taxa fixa e uma porcentagem das vendas.

  • Controle e redução de gastos: São esses os atributos que empresas com DNVB possuem. Uma conhecida nesse segmento é a Liv Up, talvez você já esbarrou com alguma plubi de blogueiras dessa marca.

Assim, a Simple&Co garante uma expansão sem gastos com estrutura, ao mesmo tempo que entrega aos restaurantes parceiros uma renda extra

“Com isso, nossos parceiros recebem uma média de R$ 5 mil ao mês. Estamos seguindo com o objetivo de ajudar a impulsionar e moldar a nova era digital da indústria de restaurantes”, conta Piva.

Simple&Co surgiu durante a pandemia e aproveitou esse momento difícil para contribuir com a geração de empregos e com o programa  “O vírus da fome”, em que são doadas 1 refeição a cada 20 vendidas.

A captação está em dia… 

A rodada de investimentos da empresa também não fica por baixo. Já são um montante de R$5 milhões, com 60% reservado.

Além disso, com os investidores-anjo nas rodas anteriores, a foodtech totalizou um investimento total de R$2 milhões, e tem hoje um grupo de smart money super qualificado.

  • Tem expansão agressiva chegando por aí! O plano é construir uma rede de 1.000 Parceiros Simples no Brasil.

Para seguir mudando o futuro do setor, a Simple&Co segue buscando sócios e de uma realidade mais sustentável para os negócios de alimentação

Você também pode gostar de...