Por que Elon Musk retomou a oferta para comprar o Twitter?

Investidores continuam a repercutir nesta quarta-feira (5) a notícia de que Elon Musk, bilionário dono da Tesla (TSLA34), voltou atrás e reafirmou a sua proposta de compra do Twitter (TWTR34) pelos termos acordados em abril desde ano, a um valor total de US$ 44 bilhões. Após as ações da rede social terem disparado mais de 20% ontem, hoje operam perto da estabilidade. Já os papéis da montadora de veículos elétricos do bilionário caem forte, cerca de 4% por volta das 14h50 (horário de Brasília) no mercado americano, chegando a cair mais de 6,5% mais cedo.

Parte do mercado continua cética quanto à transação. Apesar de ser positiva para as ações do Twitter, colocando os ativos em um novo patamar, a compra é vista como “de alto risco”.

Para o analista James Collins, da OHM Research, por exemplo, Musk optou por reforçar a intenção de compra por não ter conseguido achar uma brecha para voltar atrás sem maiores prejuízos.

Autor: higor torrez

Você também pode gostar de...