O maior touchdown de Tom brady

Se você que acompanha a NFL achou que Tom Brady, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, era um astro só no gramado, está muitíssimo enganado. Risos.

Um dos melhores touchdowns que o atleta já fez em sua carreira foi a criação da Religion of Sports, a sua própria produtora de conteúdo esportivo…

E ela está apenas começando:

  • A startup acaba de levantar uma rodada de US$ 50 milhões que avaliou a empresa em US$ 140.
  • O valuation é quase 4x maior que o da última rodada feita em julho de 2020.
  • A carinhosamente chamada de RoS pelos íntimos, já produziu 12 séries documentais e trouxe 2 Emmys para a casa.

A Rodada…

…foi liderada pela Shamrock Capital, uma gestora especializada em mídia que já investiu na Fanduel. Também participaram os fundos Redstone e a Linkin Firm, do ex-tenista brasileiro Márcio Torres, que participou com 10% da em rodadas anteriores e hoje é o 4º maior acionista da RoS.

Para crescer, a RoS também tem explorado a entrada em novos mercados, incluindo o Brasil 🇧🇷. Por aqui, a americana fechou uma parceria com a Adventures para atletas brasileiros, com foco no universo do futebol. A empresa está em negociação com grandes nomes do esporte, como Ronaldo Nazário e o Guga.

About the money💰

A RoS ganha dinheiro de três formas:

  • Faturando com a produção das séries.
  • Vendendo os direitos de streaming.
  • Ganhando uma receita recorrente por visualização dos conteúdos vendidos.

Um dos pulos do gato da operação, está no equilíbrio entre recorrência e venda direta:
Existem casos em que a plataforma paga um valor alto adiantado e a RoS abdica das receitas de exibição, assim como também existem contratos em que o cliente paga um valor menor na contratação e a RoS fatura mais com a recorrência dos views.

Apesar de bancar a produção com a verba das plataformas, a RoS é intensiva em capital: ela precisa produzir os pilotos e bancar os contratos com os atletas. Um processo que requer contratar quase que uma torcida organizada, só que de advogados. Risos.

Zoom out: A rodada vem num momento em que o mercado de produção de conteúdo independente está bombando. A produtora do jogador de basquete LeBron James, foi avaliada em US$ 725 milhões em outubro em uma rodada privada que contou com a Nike, a Epic Games e o Fenway Sports Group, dona do Boston Red Sox e do Liverpool.

Autor: higor torrez

Você também pode gostar de...