Computadores do Planalto são formatados após “ameaça de vírus”

O cenário é o seguinte: logo depois do segundo turno das eleições para presidência do Brasil os funcionários do setor de informática do Palácio do Planalto receberam uma mensagem dizendo que eles precisavam formatar todos os computadores de lá. 

E o que foi que motivou essa necessidade de apagar tudo 🤔? A ação aconteceu para diminuir os danos causados por uma possível “ameaça” que foi detectada pelo sistema antivírus da rede da Presidência da República. 

A equipe foi orientada a formatar todas as máquinas e instalar novamente o sistema operacional. Segundo os superiores da equipe, essa era a melhor forma de combater o vírus detectado. A equipe também foi avisada que alguns arquivos da rede haviam sido criptografados.

A ação deixou algumas pessoas com as orelhas em pé 🤨 dentro e fora do Planalto, afinal, apagar todos os computadores logo após a derrota do atual Presidente da República levantou uma suspeita de estarem realizando uma queima de arquivos. 

A Secretaria-Geral da Presidência confirmou a ameaça ao sistema, mas  negou vazamento ou roubo de dados. Porém, o informativo não respondeu sobre a formatação e perda de arquivos importantes que estavam no sistema.

Autor: Taís Machado

Você também pode gostar de...