ClubHouse existiu ou foi apenas um delírio coletivo?

Será que o ClubHouse realmente existiu ou foi apenas um delírio coletivo? Bom a resposta surpreendente pra essa pergunta é que no início de 2021, o Clubhouse de fato estava no topo do mundo.

Elon Musk e Mark Zuckerberg estavam entrando no aplicativo de áudio social para compartilhar sua sabedoria. Os convites para o aplicativo chegaram a custar R$500,00 no Mercado Livre.

Mas que diferença um ano faz, não é mesmo? Atualmente, o Clubhouse está perdendo usuários e executivos, fazendo as pessoas acreditarem que o áudio social era apenas uma moda da pandemia de COVID.

Club…

… gerou 19 milhões de instalações entre 1º de janeiro e 31 de maio de 2021. Seu rápido crescimento alimentou uma corrida de produtos ironicamente parecidos dos maiores players de tecnologia:

  • Twitter lançou o Twitter Spaces.
  • Meta lançou salas de áudio ao vivo.
  • O Spotify adquiriu o Locker Room, um aplicativo de áudio social focado em esportes (que acabou evoluindo para o Spotify Live).

Mas no mesmo período este ano, as instalações do Clubhouse caíram 80% para 3,8 milhões. Seus concorrentes também não estão muito bem das pernas

  • Twitter está transferindo recursos do Spaces e o Facebook incluiu o Live Audio Rooms em seu produto de vídeo ao vivo.

Talvez mais importante…

… os principais líderes do Clubhouse estão deixando a empresa. Um executivo de saída é Aarthi Ramamurthy, ex-chefe internacional e co-apresentador do “The Good Time Show”, uma história de sucesso inicial na plataforma.

Em um movimento que não soa exatamente como um voto de confiança, Ramamurthy e seu marido (e co-apresentador), parceiro do a16z Sriram Krishnan, recentemente mudaram seu programa do Clubhouse para o YouTube.

Então o que vem depois?

A popularidade do áudio social pode estar diminuindo, mas ainda não está morta. Especificamente, parece que seu futuro pode estar em conectar públicos de bolha:

  • O Twitter lançou recentemente os Super Follows Spaces, exclusivos para assinantes pagos de um criador.
  • Discord, uma plataforma para comunidades, tem seu próprio recurso de áudio social chamado Stage Channels.

A pulga ultima pulga atrás da orelha é, onde o Clubhouse se encaixa no futuro do áudio social?

Em março de 2021, Anna Wiener escreveu um artigo para o The New Yorker com o nome “Clubhouse Feels Like a Party”(ClubHouse parece uma festa). Na nossa opinião, daqui para frente, a festa pode ser um pouco menor.

Você também pode gostar de...