Startup usa inteligência artificial para detectar câncer de mama

Se você acha que a inteligência artificial está presente só no famoso “Ok Google”, está muito enganado!

Isso porque a inovadora Linda Lifetech, usando um sensor infravermelho e inteligência artificial, a levantou R$ 8 milhões para tornar as mamografias mais assertivas.

Por que isso é tão relevante no mundo da saúde?

  • Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), somente neste ano, estima-se que 66.280 novos casos de câncer de mama sejam diagnosticados no Brasil.
  • As mamografias são o principal método para diagnóstico do câncer de mama atualmente, mas funcionam melhor em mulheres acima dos 40 anos.
  • Antes dos 40 anos, as mamas são mais densas e a detecção pelo mamógrafo é mais difícil, o que gera um grande número de resultados errados.

Nesse contexto surge a Linda Lifetech, com o proposito de tornar possível detectar o câncer de mama precocemente sem precisar de mamografia. A startup fundada em 2017 pelos empreendedores Luis Renato Lui, Rubens Mendrone, Rodrigo Victorio e Raquele Rebello. O ex executivo da IBM, Mendrone, apresentou o projeto durante um hackaton da companhia.

Como funciona?

A proposta da Linda consiste em um sensor infravermelho que captura a imagem da mama da paciente e envia para um servidor na nuvem.

De lá, com ajuda de inteligência artificial, a imagem é comparada com um banco de dados, que tem mais de 5 milhões de informações, em busca de indícios de lesões cancerígenas.

Desde que nasceu, a Linda já realizou mais de 12 mil exames e conta com 14 clientes, majoritariamente da rede pública como redes de saúde do Maranhão, São Caetano do Sul (SP) e Goiana, no interior de Pernambuco.

Além disso, também realizou parcerias com ONGS, como a Associação Mulheres de Peito.

A Linda não cobra pelo equipamento, que é entregue aos clientes em forma de comodato. A monetização vem por meio da cobrança de uma franquia, que dá direito a 220 exames por mês.

Zoom In: Até agora, a Linda já captou cerca de R$ 8 milhões em investimento com fundos familiares e está prestes a fazer uma nova rodada de investimentos, prevista para levantar R$ 20 milhões. Porém, os planos são ambiciosos e incluem, inclusive, abertura de operações fora do Brasil.

Você também pode gostar de...